8 de setembro, primeira parada: Sacramento, California.

Cheguei ontem, em Sacramento, Califórnia, onde ficarei nos próximos dias planejando os últimos detalhes, visitando minhas lindas irmãs Márcia e Mônica, sobrinhos Caio, Ian e “mãe emprestada”, Therezinha – Tetê Mary, antes de pegar a estrada no próximo dia 17, ao som de “Life Is A Highway” e “Route 66” – nada mais apropriado para o momento!

Serão oito mil quilômetros de asfalto e nada disso seria possível, se eu não tivesse desde o início, o suporte da minha linda e amada esposa Renata… Sem o apoio dela, não estaria aqui dividindo tudo isso. Não é por isso que ela é tão especial, mas sim pelo seu lindo coração, pelo seu sorriso, sua perseverança, responsabilidade, carinho, sua paixão, enfim, é muito amor! Te amo!

Falando da viagem, para quem quer ter uma ideia do roteiro, vou depois publicar um mapa, mostrando ponto a ponto as próximas paradas: Sacramento, capital do estado da Califórnia ou “Costa Dourada”, como é chamada pelos americanos. Parada seguinte é em San Francisco, Califórnia, uma das mais belas cidades do mundo; quem não conhece, mas puder visitar, pode ir sem medo! Sigo então para Los Angeles, a “Cidade dos Anjos” ou “La La Land”, onde inicio a Rota 66, partindo para a pequena cidade de Needles, na fronteira da Califórnia com o estado do Arizona, porta de entrada do famoso Deserto do Mojave. Parada seguinte em Winslow, já no Arizona, local onde ainda há uma significativa população de índios Navajos, coisa rara nos EUA. Sigo então para Albuquerque, maior cidade do estado Novo México e palco do “Albuquerque International Balloon Fiesta” em outubro, maior festival de balões do mundo. Duzentos e noventa milhas depois, Amarillo no Texas está para a carne como a Bahia está para a boa e velha moqueca de camarão! Oklahoma City, terra onde mora o meu irmão mais novo e família, será parada estratégica para visitar ele, minha cunhada Anna e meus dois lindos sobrinhos, Samuel e Júlia. Sigo então para Tulsa, ainda no mesmo estado, uma das melhores cidades dos Estados Unidos para se fazer negócio. Após cruzar um trecho de treze milhas, o mais curto da Rota 66 no estado do Kansas, chego na pequena cidade de Waynesville, no Missouri, com os seus três mil e quinhentos habitantes, partindo então para Springfield, estado de Illinois. Aqui há um fato interessante: Existem nada mais, nada menos do que 52 cidades nos EUA com o nome de Springfield, de acordo com o site Mapquest.com! E o país tem cinquenta estados… Seria falta de criatividade? Outro fato interessante, é que esta Springfield foi a cidade em que o ex-Presidente Abraham Lincoln viveu uma parte significativa de sua vida e onde hoje há um museu em sua memória. Chego então no final da Rota 66, na “Cidade dos Ventos”, Chicago. Em seguida parto para a histórica cidade de Richmond, no estado da Virginia, em seguida em Orlando, na Flórida e por fim, a última parada – Washington, DC, capital dos Estados Unidos. No caminho, também passarei por outras cidades importantes, como Monterey e San Bernardino, na Califórnia, Flagstaff, no Arizona, Saint Louis, Missouri, entre outras!

Algumas paradas estão programadas para visitar alguns locais famosos, principalmente ao longo da Rota 66, onde num próximo post, estarei falando especialmente sobre ela, portanto, aguardem!

11 responses to “8 de setembro, primeira parada: Sacramento, California.

  1. Oi Léo, muito legal sua viagem e a forma como você a descreve. Irei acompanhar seus relatos. Boa viagem. Aproveitem bem. Bjs.

  2. Ola Leo, viva a sua descoberta, é muito bom a gente conhecer lugares e povos principalmente quando se esta em país diferente, eu sei que vc respira muito oxigenio do Norte. Que vc faça uma boa viagem e breve estaremos juntos. Deus te abençoe nesta aventura. Abraços. Vidal Andaluz.

  3. Léo,
    Acabei de ler sobre seu trajeto…uma aventura maravilhosa!!
    Aproveite bastante…vou acompanhar cada postagem sua, ok???

    beijos e aproveite bem!!!

    Cris

  4. Que empreendimento mais legal!!! Tô morrendo de inveja(no bom sentido). Vou acompanhar a tua aventura. Beijinhos.

    • Olá Jorge, vá acompanhando os artigos seguintes, publico o mesmo artigo em português e Inglês ao longo da viagem. Foi uma forma diferente de documentar essa viagem e os aprendizados ao longo da estrada. É uma forma interessante de entender melhor a América do Norte, atravessar o coração dela pela Rota 66. Muito aprendizado, conhecer e conversar com pessoas, enfim… Faltam agora o trecho entre Tulsa/St. Louis e St. Louis/Chicago. De lá parto pra Atlanta e em seguida pra Orlando encontrar a Rê e toda família. Só faltou vocês lá com a gente!
      Abraços, Leo.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s