11 de setembro, um dia para refletir…

11 de setembro, um dia para refletir…
This article can be also found in English.

Olhe a foto mais de perto…

Hoje fazem dez anos de um dos maiores acontecimentos da História Moderna e que de alguma forma atingiu a cada um de nós, dentro ou fora dos Estados Unidos da América. O que um estrangeiro como eu, com uma forte ligação com este país, poderia neste dia, dividir com aqueles que me acompanham em um blog sobre uma viagem costa-a-costa pelos EUA, através de uma estrada – Rota 66, que cruza o seu coração?

É um fato que os acontecimentos de 11 de setembro tiveram consequências grandiosas, não somente nos EUA, mas em todo o mundo. Lembro perfeitamente onde eu estava e o que fazia, durante uma reunião, quando alguém, com uma cara assustada, de forma repentina abre a porta da sala, contando-nos  o que estava acontecendo. A primeira reação da qual me lembro e certamente, de todos nós ali presentes, foi de um breve silêncio, como se procurássemos entender o que realmente estava acontecendo, assim como aquele, a milhares de quilômetros de distância, do então Presidente George W. Bush, durante visita em uma escola primária na Florida e em seguida transmitida em todo o mundo.

Nada, absolutamente nada, justifica as razões que levaram fundamentalistas islâmicos realizarem aquilo que ocorreu, naquele dia. O fundamentalismo islâmico, faz uma interpretação pura e literal dos seus textos sagrados e ao meu ver, é uma visão totalitária e retrógada da religião muçulmana, que busca justamente a atração de massas descontentes com a sua sociedade, economia e desenvolvimento em geral, além de tantos outros aspectos que não vou citar aqui. Enfim, nada justifica…

Não temos como afirmar que após uma década, o trauma dos atentados nos EUA tenham dado lugar a um mundo mais seguro e democrático, livres das ameaças do radicalismo político-religioso. Creio que mesmo após dez anos, os EUA e o mundo ainda pagam um preço alto por tudo o que resultou daquele dia.

Com mais de 146 mil empregos perdidos devido aos ataques, quase 3 mil pessoas mortas, incluindo trabalhadores, policiais e equipes de socorro nas torres gêmeas, mais de 100 bilhões de dólares perdidos pela economia de Nova Iorque no mês seguinte, duas guerras no Oriente Médio, os ataques de 11 de setembro, de alguma forma fizeram com que as economias americanas e europeias fossem se tornando mais desregulamentadas nos anos seguintes – de forma até relapsa, criando certo “ambiente favorável”, para que em 2008, estourasse a crise financeira mundial que até hoje afeta o resto do mundo, os EUA e o coração da América, cortadas por suas estradas, que atravessam o verdadeiro interior americano, tendo a Rota 66 como um dos seus principais reflexos. Tenho certeza de que durante o meu percurso nas próximas semanas, presenciarei o que está acontecendo com o cidadão-médio americano no interior do seu próprio país e espero aprender com cada um daqueles que puder conhecer.

Os atentados podem sim, ter sido o reflexo de tendências anteriores como observei no início do artigo, porém no âmbito da economia, foram a causa dos novos fenômenos e que vivemos até hoje as suas consequências. Que estes mesmos fenômenos nos sirvam de aprendizados e que não mais se repitam no futuro…

Me sigam nessa!

Leo Politano.

7 responses to “11 de setembro, um dia para refletir…

  1. Oi Leo, dentre todas as tragedias, que serao sempre tormentos nas lembrancas, est’a a grande esperanca de dias de paz e felicidade!!!…Ainda que parecamos inertes aos acontecimentos do mundo, podemos sim fazer a nossa parte levando nosso carater e entusiasmo para todos os cantos!!!…Voce ja o esta fazendo mais uma vez!!!…bjs tai e glen

  2. Difícil imaginar a existencia de Deus no meio dessa tristeza, mas a faísca de entendimento que nós já alcançamos na vida nos dá força para acreditar na justiça desconcertante do nosso Pai. Que todos nós possamos aprender com esse resgate tão essencial para nosso crescimento. TE AMO meu amor.. Saudades.

  3. Bom Dia Leonardo,Achei seu post na net tem poucos dias,sou um grande fâ da rota 66,e meu sonho um dia e percorre-la de ponta a ponta!Mesmo morando em uma cidade pequena,adoro as paisagens das estradas pouco movimentadas longe das grandes interestaduais americanas!Gosto tambem do estilo de viver do americano!
    Vou lendo seu post e comentando cada pagina!Grande abraço!

    • Olá Antônio, legal que está curtindo do blog, tentarei ajudá-lo em suas dúvidas! Nas próximas semanas estarei publicando os artigos que faltam dos trechos a partir de Tulsa, até o final, com a chegada em Chicago.
      Abraços, Leonardo.

  4. Blz Leo,iria mesmo lhe pergunta sobre o restante da viagem!Outra coisa que eu gostaria de saber e,se vc trouxe alguma coisa pra vender de la,tipo alguma camiseta,bone,bandeira sei la qualquer coisa do genero!Caso vc trouxe e tenha interesse em vender!Depois vou procura-lo no Facebook pra gente prozear!
    Grande abraço!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s